quinta-feira, 14 de agosto de 2014

O calor humano no dia a dia profissional.

Em uma pesquisa realizada pela Dra. Tiffany M. Field do Touch Research Institute (Universidade de Miami) em 2008, descobriram que o toque é capaz de diminuir a pressão arterial, aumentar a produção de hormônios do bemestar e estimular atos gentis, em quem toca e em quem é tocado. Além disso, crianças que crescem sendo tocadas por seus pais saem à frente das outras em relação à prática de valores quando adultas. A privação do toque (‘touch deprivation’ em inglês) pode ser uma síndrome sim e muitas pessoas já foram acometidas por ela. Porém, considerá-la uma epidemia seria um erro muito grande, principalmente em países como o nosso.
As pessoas podem até se privar de tocar as outras, mas sentem falta disso e, em certo momento, querem mudar seu comportamento ou esperam que façam isso antes delas.
Acredito que estamos fazendo o caminho inverso à essa realidade, pois a pesquisa feita pela Dra. Field foi realizada em Miami (EUA) e Paris (França), dois lugares bem diferentes do nosso. O que devemos considerar como real e aplicável à nossa realidade é a importância do calor humano, do abraço, do afago, do carinho, bem brasileiros, bem nossos e que já nascem com a gente.


Sr. Gentileza
www.srgentileza.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo (a) ao Blog do Sr. Gentileza - 06 anos no ar!

Aqui também é casa de gente gentil. Leia, acompanhe, participe e deixe suas mensagens :-)

Sinta-se à vontade em compartilhar a prática da Gentileza na sua vida, no trabalho e na sociedade.

Abraços,

Sr. Gentileza

Obs: Suas mensagens são muito bem vindas, mas identifique-se. Os comentários anônimos não serão aceitos.