domingo, 28 de julho de 2013

Artigo do Sr.Gentileza: "O Profissional do Futuro Será Gentil?". Leia na íntegra aqui.

“O homem do futuro é o homem gentil”, palavras do sábio José Datrino ¹, que nos remetem a uma realidade cruel: quando esse homem gentil chegará; será se um dia estará entre nós? Queremos mudanças o tempo inteiro e, principalmente, que os outros promovam isso. É muito mais cômodo esperar de braços cruzados do que tomar a iniciativa e transformar qualquer coisa que seja.
Desejamos empresas mais humanas, justas e que ofereçam um ótimo ambiente para se trabalhar. Precisamos que nossos colegas e líderes estejam prontos a nos escutar, nos desculpar, nos incentivar e nos deixar livres para produzir de acordo com nosso roteiro. “- Queremos profissionais capazes de se relacionar com outras pessoas”. Esse é o discurso de praticamente todos os Gerentes de Recursos Humanos dessa geração. E o tal do “homem gentil” que dizia Datrino? Cadê ele? Em qual período será esse “futuro”?
Essas respostas já existem e as deixo bem claras nas palestras que realizo por todo o Brasil. Faço questão de conscientizar profissionais de todas as áreas que a gentileza no trabalho é uma ferramenta indispensável para o sucesso e que não podemos mais abrir mão dela, já que, o futuro já chegou e nós já somos aquele “homem gentil”. Porém, por vários motivos óbvios e profissionais, praticar a gentileza não está entre nossas principais prioridades e acabamos hostilizando as pessoas ao nosso redor.
Trata-se de atos impensados que quando nos damos conta, “pimba”, fomos grosseiros e deixamos de lado as “pilastras” básicas que sustentam a gentileza no dia a dia profissional. Essas “pilastras” ou “pilares” podem ser considerados como valores que aprendemos com nossos pais, pessoas importantes ou, simplesmente, com as experiências vividas. Citando alguns como fundamentais, posso elencar a solidariedade, tolerância, respeito, amizade, confiança, saber ouvir e paciência – como “pilastras” cada vez mais ausentes no dia a dia corporativo.
“Falar a mesma língua” no ambiente corporativo é fundamental para sedimentar bons relacionamentos interpessoais e contribuir para o desenvolvimento harmônico das atividades.
A metodologia, idealizada por mim, “Gentileza no Trabalho – A Ferramenta do Século 21”, e desenvolvida para servir de caminho inverso das gestões de pessoas comuns ao mercado de hoje, surgiu diante da necessidade de encontrar o modus operandi ideal para as equipes – sejam grandes ou pequenas, empresas de qualquer área e para pessoas que mereçam uma adequação dentro do ambiente laboral.
A gentileza – de acordo com o programa – é um conjunto de predicados que se somam e formam um conjunto de regras de conduta sustentadas por hábitos, costumes e gestos sensíveis ao ser humano.
Numa visão bastante arrojada e, ao mesmo tempo leve, seria correto considerar a gentileza sinônimo da ética. Sendo mais claro, se todos esses valores estiverem juntos e concentrados na realidade cotidiana de uma empresa, podemos dizer que seria um local de trabalho gentil. E para que isso aconteça, existe esse método próprio e inovador, capaz de transformar e trazer soluções surpreendentes para as equipes e empresas de qualquer porte e setor.
As maiores recompensas que poderia obter com esse trabalho chamam-se resultados positivos e um saldo de mudanças que sempre começam com o próprio indivíduo que se espalha pelos corredores e andares. E, para poder comemorar ainda mais essa mudança de comportamentos (de hostis a gentis), as empresas alavancam ainda mais os números e fica muito mais fácil atingir as metas estipuladas. Com sua aplicação em várias empresas brasileiras, somam-se a eles (os resultados) a melhoria nas relações intra/interpessoais, valorização da imagem da corporação por parte dos colaboradores, fidelização/captação de clientes e aumento das vendas.
Uma das máximas do Profeta Gentileza era: “Gentileza gera gentileza” e, como prova inegável dessa frase, a série de treinamentos “Gentileza no Trabalho” foi reconhecido como o melhor programa de gestão de pessoas do Brasil com o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia 2012, iniciativa da ABRH Nacional (Associação Brasileira de Recursos Humanos) e que, de uma forma ímpar, valorizou a importância da gentileza na vida profissional de todos nós.
Quando digo que o “homem do futuro” já somos nós é porque realmente acredito na força que existe dentro de cada um, dentro do principal capital de qualquer empresa e, principalmente, naquilo que energiza essa força: a gentileza.

LUIZ GABRIEL TIAGO – SR. GENTILEZA



¹ José Datrino (1917-1996); conhecido como “Profeta Gentileza” ou “José Agradecido”, o mesmo partiu de sua cidade natal – Cafelândia, interior paulista – para exilar-se no Rio de Janeiro, onde viveu por quarenta anos pregando e disseminando a gentileza.

Sr. Gentileza emociona participantes do Jogo da Gentileza na cidade de Paulicéia - Interior de SP. Os profissionais capacitados são servidores da Saúde Pública Municipal e se empolgaram com a energia das atividades.

Participantes em dinâmica de grupo.

Dinâmica de Grupo

Sr. Gentileza com as Vencedoras do Jogo da Gentileza em Paulicéia.

Sr. Gentileza com sua equipe de Interior Paulista. Na ponta da direita, Sr. Luiz, Diretor de Saúde de Paulicéia.

Momento emocionante: Sr. Gentileza e Inês na "Caixa de Gentilezas".

Participantes do Jogo da Gentileza.
Clique na imagem e acesse nosso site: www.srgentileza.com.br

domingo, 21 de julho de 2013

Sr. Gentileza visita túmulo do Profeta Gentileza em Mirandópolis/SP nesse domingo (21/07/13).


Dividimos com todos nossos amigos e clientes esse momento especial na vida do Sr. Gentileza:

"Um dos momentos mais emocionantes da minha vida: visita ao túmulo do Profeta Gentileza em Mirandópolis /Interior de SP, falecido em 1996. Obrigado Deus por essa oportunidade que nunca esquecerei."

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Nossa mensagem de final de semana será bem especial. Faremos uma homenagem à Clarice Lispector que, como sempre e para sempre, será insuperável.


SGEC BRASIL - a única em Gentileza Corporativa do país.

Prezado Gestor,

Gostaria de apresentá-los nosso trabalho que é desenvolvido em equipes de todo o país - onde os resultados têm sido consistentes, inovadores e eficientes.
A SGEC BRASIL é a única empresa de Consultoria em Treinamentos especializada em Gentileza Corporativa. Oferecemos Treinamentos, Palestras e Jogos desenvolvidos de acordo com a “Gentileza Datriniana” através de um método inovador, eficiente e com resultados surpreendentes.
Nossa empresa é a atual vencedora do “Prêmio Ser Humano”, oferecido pela ABRH Nacional. Fomos premiados com o Troféu Oswaldo Checchia – como o melhor programa de gestão de pessoas do país.
Em nossos encontros, desenvolvemos com nossas plateias e participantes técnicas exclusivas visando a humanização do clima organizacional, relacionamento interpessoal, atendimento, vendas e incremento dos resultados.

Visite nosso site: 
www.srgentileza.com.br

Nosso Blog: www.gentilezanotrabalho.blogspot.com

Vídeos: www.youtube.com/senhorgentileza

Nosso telefone de contato é: (21)2113-3523

Estamos à disposição para atendê-lo, tirar dúvidas, enviar material e orçamentos.

Abraços,

Luiz Gabriel Tiago
Sr. Gentileza
 


quarta-feira, 3 de julho de 2013

Rio de Janeiro descobre mais um Talento-Gentileza. Seu nome é Graça Campista e é vendedora da Loja Segredos, no Rio Shopping em Jacarepaguá.

Graça Campista e seu sorriso natural. Ela é mestre na arte da Gentileza!

Loja Segredos - Rio Shopping - Jacarepaguá

Dalva e Graça - vendedoras da Loja Segredos.

Graça (Talento-Gentileza) e Betina Bandeira (Diretora da SGEC BRASIL).

Marcelo (proprietário da Loja Segredos) ladeado por Graça e Dalva - vendedoras gentis e felizes.

Clique na imagem e acesse nosso site!

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Mensagem do Dia 01 de Julho de 2013 - Sr. Gentileza.

"A falta de gentileza atinge seu grau máximo quando deixamos de lado valores fundamentais para um bom convívio em nossa sociedade como, por exemplo, a tolerância, o respeito e a solidariedade. 
Nosso ritmo de vida é bastante intenso e deixamos de lado coisas importantes, nem sempre de forma consciente, mas que se juntam e comprometem um relacionamento saudável, seja em casa, no trabalho, na rua ou no convívio com amigos e vizinhos."

Luiz Gabriel Tiago - Sr. Gentileza