sábado, 15 de junho de 2013

Artigo do Sr. Gentileza: A GENTILEZA EMPREENDEDORA.

Quando nos deparamos com a desmotivação e vemos que ela começa a tomar conta de nossa rotina profissional, devemos nos preocupar e buscar soluções para a retomada em grande estilo. Nunca é tarde para realizar mudanças e elas devem acontecer de forma positiva, mesmo que seja movida a base de críticas, sugestões ou reclamações.
O tempo é determinante nessa fase e exige agilidade na tomada de decisões. Um bom profissional sempre encara com bons olhos todas as opiniões, pois podem se juntar e formar uma corrente favorável a nova forma de encarar a realidade. As mudanças devem começar interiormente com bastante reflexão e análise de tudo que desempenhamos ou deixamos de fazer com o passar da jornada. Lógico que vamos levar em consideração aquilo que vem de pessoas competentes e com experiência suficiente para ajudar na promoção da mudança.
Um líder nato consegue perceber suas falhas diante da atitude das pessoas e, principalmente, da equipe comandada. Vários sinais de alerta são emitidos durante o percurso e temos que observá-los e compilá-los de forma a colaborar com a revolução interna. Friso a necessidade de uma mudança interior primeiro, pois de nada adiantará as aparências e máscaras, pois serão tombadas como num piscar de olhos.
Os vestígios da fraqueza acabam sendo desvendados com os dias e qualquer um pode ser capaz de perceber a não-mudança. Nesse caso, um passo em falso pode ser fatal e comprometer todo o aparente empenho em sobrepor as dificuldades e obstáculos do percurso. Fazer uma investigação pessoal e ter um tempo para refletir pode, talvez, ser crucial para desenrolá-lo desse processo sumarizado com o estresse e cansaço profissional.
A partir do momento que essa conscientização em prol da virada acontece, se faz mister colocá-la em prática e estabelecer objetivos e metas para o sucesso.
O início pode ser complicado, pois todos podem precisar de uma readequação de sua postura e se readaptar aos novos moldes do profissional que estava asilado. O talento é latente dentro de qualquer pessoa, mas nem todos podem visualizá-lo, pois se torna difícil a tangibilidade de algo empírico ou holístico.

Empreender com a própria carreira é uma missão eterna de todos os profissionais, desde a base ao topo da pirâmide.

Sem pretensões inequívocas ou inadequadas, o desempenho desde então deve ser mensurado com dedicação e virtudes. Não se devem esperar resultados imediatos (mesmo com sua eminência anunciada), porque o tempo – apesar de cruel e incansável – não produzirá milagres até então “não” alcançados.
Buscar a genialidade é possível e acessível aquele que se dispõe a tal feito. O empreendedorismo, apesar de não ser subentendido a todos, pode ser desenvolvido e descoberto com uma minuciosa investigação: primeiro pessoal, depois psicossocial e, por fim, externa.
A mudança é importante em todas as fases de uma carreira, pois as informações fazem com que as pessoas se tornem muito mais exigentes e buscadoras da perfeição – mesmo que seja impossível alcançá-la. 
O mais difícil é convencer aqueles de que a transformação e mutação no mundo corporativo são indissolúveis, sendo assim concreta no seu teor e instigante para quem não se convence de que a rotina é necessária e sem necessidade da aplicabilidade de fomentos duradouros (quiçá permanentes) que perdurarão para o incremento na segregação dos valores.
A aplicabilidade de tal feito promove, ipso facto, a concretude anti-derrotista e veemente de erradicação do pseudo-fracasso. Além disso, sua servidão será útil no desenrolar do processo conscientização-realização pessoal e motivador de novas atitudes perante o confrontamento da situação.
Para que não seja sugestionável, determine metas a serem cumpridas e organize as atividades de forma que possam ser desempenhadas e ementadas com as possibilidades. A absorção (sub) sistemática resistirá à ampulheta imposta pela competição e despojada de esfinges não decifráveis.
Resumindo, se proponha a promover essa mudança interna e não espere por ninguém. Siga seu caminho em busca do progresso e entenda que o sucesso deve ser a conseqüência de seu bom trabalho e não o objetivo final.
                                                                                                

Vai até lá!

Luiz Gabriel Tiago - Sr. Gentileza
Escritor e Palestrante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo (a) ao Blog do Sr. Gentileza - 06 anos no ar!

Aqui também é casa de gente gentil. Leia, acompanhe, participe e deixe suas mensagens :-)

Sinta-se à vontade em compartilhar a prática da Gentileza na sua vida, no trabalho e na sociedade.

Abraços,

Sr. Gentileza

Obs: Suas mensagens são muito bem vindas, mas identifique-se. Os comentários anônimos não serão aceitos.