terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Workshops e Palestras com Sr Gentileza (Luiz Gabriel Tiago) IN COMPANY -...

Frase do Dia 28 de Fevereiro de 2012.


"A Gentileza no ambiente de trabalho é o grande trunfo dos profissionais que estão prontos para fazer a diferença no mercado."

Luiz Gabriel Tiago - Sr. Gentileza

Seja Gentil Hoje!


SER GENTIL NÃO CUSTA NADA!


MEU TWITTER: @senhorgentileza

Texto: Por que pessoas bem-sucedidas destroem suas carreiras? Por Silvio Celestino.

Saber lidar com os pequenos fracassos do dia a dia é um dos fatores
 mais importantes no caminho para o sucesso.
 
Profeta Gentileza - Rio de Janeiro
Embora não exista uma cartilha para lidar com o sucesso, até porque as pessoas estão mais preocupadas em achá-lo do que em geri-lo, algumas sugestões são relevantes para pensar.

Devemos Amar até no Trabalho!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Livro: Como Driblar a Raiva no Trabalho - de Luiz Gabriel.

O local de trabalho deve ser um ambiente saudável mesmo sendo um lugar de competição e de resultados positivos. Mas como enfrentá-lo quando o clima fica tenso, provocado pela falta de ética de colegas, e ataques e fofocas surgem de todos os lados? A solução está no livro bem humorado e simples de Luiz Gabriel Tiago. O autor consegue ensinar em Como driblar a raiva no trabalho como proceder em momentos de fúria e não se deixar contaminar pela tensão do dia-a-dia. São pequenas dicas de como superar essas dificuldades com rapidez e bom humor, sem deixar de confiar em si próprio e na competência que é adquirida com o tempo, afirma o autor.

À venda em qualquer livraria do Brasil!

Mensagem para reflexão!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Bom Carnaval a Todos com Gentileza! O Blog Volta na 4a. Feira de Cinzas.

Aproveitem bastante!!!!!


Boa Sorte Minha Escola de Niterói:

Unidos do Viradouro - Vitória em 2012!


Já estou na torcida!!!!


Sr. Gentileza na Quadra da Unidos do Viradouro!

Frase do Dia 17 de Fevereiro de 2012.

 
"O destino decide quem entra na minha vida.
Minha atitude decide quem fica."

Martha Medeiros

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Gestão da liderança e resultados * Por Sergio Dal Sasso

Se analisarmos os processos que justificam a formação dos líderes, tudo se faz e se forma pela necessidade organizacional de se gerir e decidir para garantir a qualidade e competência das ações.(Sérgio Dal Sasso)


Antigamente acreditava-se por meio de uma abordagem genética que o indivíduo já poderia nascer dotado de características de liderança. Na moderna administração acredita-se que os valores, ideais e características de um líder são aprendidos através da experiência e do relacionamento com o meio ambiente. Dentro dessa visão torna-se claro que a competição externa depende prioritariamente do comprometimento interno necessário para sermos competitivos, requerendo a formação e construção de uma organização onde as pessoas devam ter prazer no trabalhar para que possam desenvolver uma capacidade contínua de mudança.
Para a liderança atual e moderna, mais do que se criar visões, valores e definição de regras para o bom corportamento devem-se adicionar meios, para que a livre comunicação integre com sistemas e metodos, que apoiem com inteligência a produção com liberdade dentro da organização, fazendo surgir a expontaneidade do uso da criatividade dos liderados.

Se analisarmos os processos que justificam a formação dos líderes, tudo se faz e se forma pela necessidade organizacional de se gerir e decidir para garantir a qualidade e competência das ações. Sendo assim, fatores, tais como: percepção da situação, análises e definições dos problemas, estudos dos objetivos versus alternativas (avaliações, comparações e definições) se somam como critérios ao conjunto necessário para que as implantações possam satisfazer e envolver pelos efeitos esperados.

Para tanto, a liderança é a reunião do reconhecimento da própria capacidade, com o saber se relacionar e usar as potencialidades dos outros. O par perfeito, e tão importante como, desse namoro entre pessoas deve também reunir as condições adequadas para que os processos possam fluir, e assim, ambientes promissores, interessantes e desafiadores, fazem parte integrante junto com as recompensas que valorizem o reconhecimento pelos resultados, propiciando um equilíbrio entre os desafios com a valorização e uso progressista dos colaboradores.

Se num primeiro momento sua mente é receptiva por informações, num segundo ela passa a querer exercitar a capacidade de assimilação, que num somar com a sua própria contribuição, formará um modelo de reciclagem onde o conhecimento se faz objetivo pela lei da oferta e a procura diante das buscas por soluções necessárias. Tudo isso resumido, significa que temos que trabalhar por uma visão compartilhada, que nada mais é do que a produção de fórmulas que consigam estimular o engajamento de um grupo de pessoas em relação ao que se deseja criar e obter.
A lógica do jogo entre as pessoas depende do desenvolvimento de políticas voltadas à expansão da utilidade e evidência de todos. O equilíbrio dos grupos e a sua própria sobrevivência pedem por evolução qualificada de objetivos, de forma a acompanhar as nossas próprias exigências demandadas pelas possibilidades de crescimento.
Sempre gosto de frisar que negócios crescem porque o mercado está absorvendo as habilidades da equipe mais do que dos produtos e serviços (qualidade necessária) e nesse sentido todo o crescimento é dependente da percepção do como enxergamos e conseguimos traduzir o que ainda vai acontecer. O resultado começa a surgir na proporção em que a criatividade atinge a massa que impulsiona a atividade, através da evolução de lideranças formadas pela aceitação e avaliação do mercado, e não somente descolamento interno desse ou daquele profissional, mas pela produção do seu próprio nome na frente da organização por onde atua e representa.
Vivemos atrás do descobrimento de fórmulas para decifrar o que exatamente as pessoas gostariam de ter. Também gosto de pensar que um dia poderei ser o Paulo Coelho da gestão empresarial. Para tanto dependo da intimidade com o meu mercado, no intuito de obter o máximo de variáveis necessárias que possam interferir na formatação de propostas que vão de encontro às necessidades e interesses frente às pesquisas que devo retirar do próprio grupo adotado como foco.
O tempo é a grande preciosidade qualitativa da gestão. Sua administração estará dividida para atender o possível entre planos presenciais e virtuais, não deixando perguntas sem respostas, nem criticas sem sugestões, sempre de olho nas pontas receptivas e ativas, permitindo um dialogo de troca constante com os meios fornecedores de resultados para um processamento adequado de novidades.


Seja você mesmo!


Meu twitter: @senhorgentileza

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Mensagem sobre a Felicidade:

Frase do Dia 14 de Fevereiro de 2012.

"A Gentileza no ambiente de trabalho é o grande trunfo dos profissionais que estão prontos para fazer a diferença no mercado."

Luiz Gabriel Tiago - Sr. Gentileza

twitter.com/senhorgentileza

O que fazer com o Amor no Trabalho? (Divertido)

Os três pilares do sucesso empresarial * Por Arildo Ramos Ferreira

Muitas empresas investem em ações
que não se sustentam ao longo do tempo



Muitas empresas investem em ações que não se sustentam ao longo do tempo perdendo energia e dinheiro e oportunidade de se fortalecer no mercado.
Qualquer negócio, seja de que segmento ou tamanho for só consolidará seu sucesso (entenda lucratividade e rentabilidade) se estiver alicerçada em tres pilares: Processos, Tecnologia e Pessoas.
Por mais que pareça óbvio esta ainda é uma realidade distante para uma grande parcela das empresa brasileiras. Vejo empresas acreditando em milagres e milagreiros, fingindo que não conhecem o verdadeiro ponto a ser atacado, economizando investimentos em profissionais qualificados e utilizando tecnologia para acesso a internet.
Com o mercado cada vez mais competitivo, onde produtos ficaram obsoletos e os serviços fazem a diferença, temos que assumir uma postura diferenciada se desejarmos sobreviver. Algumas empresas vegetam e agonizam, mas seus gestores insistem em erros antigos e caros e vivem a espera de um milagre ou de uma grande idéia para salvar o negócio.

Processos: processos claros, normatizados (no papel), do conhecimento de todos agilizam a empresa e reduzem sensivelmente os custos e a margem de erros e fraudes. Como é comum encontrar empresários que vivem chorando pelos cantos dizendo que "se não estiverem na empresa nada acontece". Não acontece porque seus processos são lentos, burocráticos, e ineficazes.

Tecnologia: Como pensar em um negócio onde controles financeiros e contabeis, dados, cadastros de clientes, ainda são feitos manualmente ou em sistemas que não funcionam? Como pensar em uma empresa que vive de relatórios que não dizem nada ou quase nada? Como pensar em gerenciar um negócio que não pode ser acompanhado remotamente? Outro grande erro é comprar qualquer programa e instalar na empresa sem antes estar com seus processos ordenados. É como querer enviar um quadrado em um circulo.

Pessoas: Ingrediente fundamental na engrenagem. Sem pessoas qualificadas sua empresa não sairá do lugar e você ficará eternamente "caçando bruxas". Tudo no universo precisa de pessoas para funcionar e só os melhores podem garantir o perfeito funcionamento. Vejo empresas com medo de contratar os melhores por "acharem" caros ou por medo de ouvir aquilo que precisam ouvir antes que seja tarde demais. Antes de "achar" caro, veja o que um profissional qualificado pode gerar de beneficio para o negócio. Caro é manter pessoas ruins, desmotivadas, dependentes, submissas, puxa saco, que desejam que tudo permaneça como está para que fiquem em sua zona de conforto.
Peter Druker dizia que "sua empresa é do tamanho que seu administrador permite"
Portanto, decida o tamanho de sua empresa e assuma as consequencias.

Um abraço

Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/os-tres-pilares-do-sucesso-empresarial/61552/

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Frase do Dia 09 de Fevereiro de 2012.


"A Gentileza no ambiente de trabalho é o grande trunfo dos profissionais que estão prontos para fazer a diferença no mercado."

Luiz Gabriel Tiago - Sr. Gentileza

Plano de treinamento – um importante passo para retenção de talentos.

Apesar de ambicioso, tentaremos em nosso texto fornecer dicas simples, práticas, de baixo custo e aplicáveis.


Você já deve ter escutado que as pessoas são o maior ativo da organização. O quanto é importante à gestão de conhecimento e a retenção de talentos, mas o principal é: como fazer?

Apesar de ambicioso, tentaremos em nosso texto fornecer dicas simples, práticas, de baixo custo e aplicáveis para qualquer tipo de organização na busca de uma gestão de pessoas estratégica e funcional. Para tal, começamos por uma importante prática: a montagem de um plano de treinamento - PT
O PT deve estar condicionado ao planejamento estratégico e orçamentário da organização e tem por objetivo registrar em um documento todos os treinamentos previstos, tanto aqueles de necessidade do cargo, os oriundos do sistema de gestão ou os de aperfeiçoamento técnico e comportamental. No PT deve estar definido se os treinamentos serão fornecidos por pessoal externo ou interno da organização, as datas, o número de horas e a quantidade de colaboradores. Este documento deve ser acompanhado para que se verifique o cumprimento deste.
Através deste registro é possível saber o número de horas totais de treinamento previstas e realizadas, o quanto seu plano de treinamento está contemplando toda a organização, traçar metas de desempenho e criar indicadores como, por exemplo: O número de horas treinamento/número de horas totais trabalhadas, entre outros.
A elaboração de um PT vem acoplada com outra prática que é citada na norma NBR ISO 9001:2008 em seu item 6.2.2: A avaliação da eficácia de treinamentos. Não basta oferecer treinamento, é necessário depois de um período verificar se aquele foi eficaz ou não e para isso usam-se entrevistas, avaliações ou observações diretas para dar tal parecer, que apesar de seu caráter subjetivo, não deixa de ser um importante indicador quanto ao retorno do investimento. Por fim, registre em seu PT o resultado desta análise de eficácia, pois, este histórico ajudará na tomada de decisões de futuros PTs.
A realização de treinamentos faz parte de um planejamento e não fruto de modismos ou ações pontuais, não que o PT seja estático, muito pelo contrário, ele deve ser flexível para adaptar-se aos rumos da organização, mas cuidado com o excesso de desvios, pois pode ser um alerta de que não houve um cuidado com a previsão dos treinamentos.
Programe esta prática ainda este ano e comprove que o principal retorno na montagem de um plano de treinamento aparece na retenção de talentos, pois mostra que a organização valoriza as pessoas através do comprometimento com a constante capacitação de seus colaboradores

Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/plano-de-treinamento-um-importante-passo-para-retencao-de-talentos/61439/

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Frase do Dia 08 de Fevereiro de 2012.


"Palavras até me conquistam temporariamente, mas atitudes me ganham ou me perdem para sempre".

Clarice Lispector

Workshops e Palestras com Sr Gentileza (Luiz Gabriel Tiago) IN COMPANY -...

Eu sou meu chefe: quem disse que é fácil?

Muitas vezes sem formação específica em Administração, profissionais liberais precisam exercer suas profissões e, ao mesmo tempo, administrar seus negócios

 Por Simão Mairins, www.administradores.com.br
 
A cultura do empreendedorismo tem ganhado cada vez mais força no Brasil, com o desenvolvimento da economia, a expansão das políticas de apoio e a diversificação dos modelos de tributação. Para se ter uma ideia, o país – que possui a maior taxa empreendedora do G20 e do Bric, segundo o GEM (Global Entrepreneurship Monitor) – conta atualmente com mais de 6 milhões de micro e pequenas empresas e quase 2 milhões de empreendedores individuais formalizados, de acordo com dados dos ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC).

Nessa massa, há um grupo normalmente pouco lembrado nas discussões sobre o assunto. É o que inclui aqueles que, para exercer suas carreiras, precisam se dividir entre uma profissão principal e a atividade administrativa, como advogados (na administração de seus escritórios), médicos (nos seus consultórios) e tantos outros profissionais liberais.

Mas, será que, com todas as responsabilidades de uma profissão específica, há tempo para conciliá-la bem com a administração de um negócio? "Eu defendo que não se deve conciliar no sentido de "combinar', mas sim de 'harmonizar'. A atividade administrativa faz parte da profissão dessas pessoas", afirma Fábio Zugman, autor dos livros "Empreendedores esquecidos" e "Administração para profissionais liberais".


"Como os profissionais liberais colocam uma grande ênfase em suas habilidades, muitas vezes veem as tarefas administrativas como 'a parte chata' que os impede de exercer sua tarefa principal. Isso é um erro. Eu costumo dizer para essas pessoas que elas devem enxergar a tarefa administrativa como uma higiene que fazem em suas profissões – algo que as permite trabalhar melhor", explica Zugman.

Continua em:

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Fotos da Palestra na Universidade São Caetano do Sul / SP dia 03/02/12.




Obrigado a todos que assistiram!

Lembrem-se de que sem Gentileza, não há sucesso profissional!

Abraços,

Sr. Gentileza

O que é Gentileza no Trabalho?

A Gentileza no ambiente de trabalho é o grande trunfo dos profissionais que estão prontos para fazer a diferença no mercado.
Em um período aonde chegamos ao limite brutal da falta de ética nas relações, só conquistará o sucesso contínuo, aqueles que conduzem suas relações interpessoais com empatia, cordialidade e respeito, gerando a atitude super positiva da GENTILEZA NO TRABALHO. Pessoas gentis atraem fidelidade. Ora! Mas isso é o que mais as empresas buscam atualmente. Sabemos que é mais fácil manter um cliente a conquistar um novo.
Mas não é tão fácil assim ... vemos todos os dias o pessoal do "front", do cartão de visitas, da porta de entrada das empresas, mal treinados e muito pouco desenvolvidos para receber justamente o mais importante para as empresas: seus clientes.
É por isso que, mais uma vez, o Sr. Gentileza surge para combater de forma definitiva esse comportamento tão pernicioso para o resultado das empresas: a falta de GENTILEZA. Comportamento é condicionamento. A proposta é quebrar esse paradigma negativo e criar um novo comportamento pautado na cordialidade e na GENTILEZA NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS.


Frase do Dia 06 de Fevereiro de 2012.


"Eu gosto das pessoas pelo prazer de gostar,
e não porque deu tempo de gostar delas."

Tati Bernardi

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Palestra na Universidade Municipal São Caetano do Sul/SP

Dia 03/02/2012

Universidade Municipal de São Caetano do Sul / SP

Palestra: A Gentileza como Ferramenta para o Sucesso Profissional

Horários: 08h e 19h



       

Leve a Gentileza para sua empresa!

O que é Intraempreendedorismo???

Intraempreendedorismo: você sabe o que isso significa?

O empreendedor corporativo sente e age como a se empresa fosse seu próprio negócio, por isso, vem sendo valorizado.




Você já ter ouvido falar que profissionais bem-sucedidos costumam ter qualidades como iniciativa, criatividade ou comprometimento. Cada vez mais, porém, as empresas têm valorizado uma característica que elas consideram essencial para se destacar em um mercado competitivo: o intraempreendedorismo.

No ambiente em que o intraempreendorismo é adotado, o profissional é estimulado a se sentir e agir como se a empresa fosse seu próprio negócio, podendo criar novos projetos e orientá-los.

Além do espírito curioso e inquieto, o coordenador de graduação da Trevisan Escola de Negócios, professor Dalton Vieste, explica que, justamente por encarar a empresa como sua, e não como uma simples fonte de renda, este tipo de profissional sabe o que precisa ser feito, sem ter de ser mandado.

Também costuma estar um passo à frente. “As empresas precisam ter certo jogo de cintura para se adaptarem às inovações que o mercado exige, e esses profissionais buscam seu autodesenvolvimento e se antecipam às inovações”, afirma Vieste, completando que o empreendedor corporativo costuma ter consciência do todo. Por isso, vai além do seu “mundinho”, não ficando restrito à sua área ou às suas atividades.



Sr. Gentileza e a Felicidade no Trabalho (Luiz Gabriel Tiago)

Bem Vindo Fevereiro de 2012!


Mês do Carnaval no Brasil!

Seja bem vindo. Traga prosperidade, paz, amor e muita Gentileza para todos!

Abraços,

Sr. Gentileza

Frase do Dia 01 de Fevereiro de 2012.

Frase célebre de José Datrino - RJ


"Ser gentil com pessoas gentis é fácil, o difícil é ser gentil com pessoas que não sabem o que isso significa."

Luiz Gabriel Tiago
Sr. Gentileza