sexta-feira, 28 de maio de 2010

Branding ajuda o Rio a melhorar sua imagem internacional

Branding ajuda o Rio a melhorar sua imagem internacional

O Rio de Janeiro está em foco no mercado esportivo. Com dois grandes eventos mundiais se aproximando, a cidade se movimenta para gerar negócios, crescer em estrutura e em número de turistas. Tanto a Copa do Mundo no Brasil – que terá a final realizada na cidade carioca – quanto as Olimpíadas de 2016 trazem expectativas para empresas que atuam na região.

Toda esta atmosfera faz com que profissionais de Marketing pensem no desenvolvimento da cidade como marca. Neste caso, uma boa estratégia de Branding permite que o Rio de Janeiro se destaque no cenário mundial, conquiste admiradores e cresça tanto em estrutura quanto em economia.

Os eventos já trazem por si só uma oportunidade para que a capital do estado recupere pelo menos parte das empresas que debandaram para São Paulo nos últimos anos. Com investimento em projetos na cidade, as empresas usam o Marketing para associar a sua marca a uma cidade em evidência, que está sendo procurada por potenciais consumidores no mundo todo.

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, serão cerca de 500 mil turistas na cidade durante a Copa de 2014. Além da melhoria na infraestrutura, nas instalações esportivas, no transporte e na segurança da cidade, estes eventos dão o pontapé para que as marcas encantem o torcedor com ações diferenciadas e projetos inovadores.

domingo, 23 de maio de 2010

COMO DRIBLAR A RAIVA NO TRABALHO - 2a. EDIÇÃO - LUIZ GABRIEL TIAGO

SINOPSE: O local de trabalho deve ser um ambiente saudável mesmo sendo um lugar de competição e de resultados positivos. Mas como enfrentá-lo quando o clima fica tenso, provocado pela falta de ética de colegas, e ataques e fofocas surgem de todos os lados? A solução está no livro bem humorado e simples de Luiz Gabriel Tiago. O autor consegue ensinar em Como driblar a raiva no trabalho como proceder em momentos de fúria e não se deixar contaminar pela tensão do dia-a-dia. São pequenas dicas de como superar essas dificuldades com rapidez e bom humor, sem deixar de confiar em si próprio e na competência que é adquirida com o tempo, afirma o autor.

Gentilmente Aborrecida - Replay

Li nesse domingo um artigo escrito pela Fernanda Young - que por sinal dispensa apresentações. No início pretendi discordar de tudo que tinha escrito até fazer algumas reflexões. Não vou postar aqui o texto na íntegra, pois está bem na minha cabeça tudo o que elucidou.

Seu título é "Hamlet em um domingo até que razoável" produz em nossa consciência o pensamento do que realmente estamos fazendo com nossas vidas.

Não interessa o que os outros queiram que você faça ou simplesmente digam quais serão suas vibes. Ela diz que não gosta dos seus dias e que muitas coisas a irritam. Não é nem um pouco masoquista, não quer sofrer, mas seu domingo é insuportável, principalmente pela "festinha de criança que acontece no prédio da frente". Mais um dia se passa e não quer adotar adjetivos definitivos ou rabugentos.



"Todos com suas devidas razões para estarem levemente aborrecidos com as coisas."

Isso é o que acha da vida. É o que acha das coisas que movimentam o mundo. Pode parecer estranho, mas é bastante coerente e não-hipócrita com suas palavras. Verdadeira e transparente, gostem ou não gostem dela, falem o que quiser, façam o que der na telha - sua vida vai continuar.

Sem possibilidades de filosofar ou poetizar nessa postagem, mas o domingo é uma referência melancólica, pois todo mundo está em casa de folga, sem ter o que fazer e curtir. O que gostamos mesmo é da correria dos dias úteis, dos ônibus lotados, engarrafamentos, e-mails se multiplicando na caixa postal, a empresa cobrando resultados, família em crise... Entre outros milhares de sortilégios da modernidade.

"É muito triste sentir-se um espírito-de-porco, em meio a um exército de contentes."

Cada um busca sua "conteteza" da forma que achar conveniente e prática. Mas será que nunca nos sentimos um pouquinho pessimistas em relação à vida? Será que nunca refletimos que nossos problemas são muitos e parecem não acabar nunca?

Ou será que o domingo é o dia que temos para abstrair e repensar tudo? Cabe aqui uma reflexão, um tempo para energização e recarga das baterias. Afinal de contas, domingo também sempre acaba.

LUIZ GABRIEL TIAGO


O artigo da Fernanda Young foi publicado na Revista de Domingo do Jornal O Globo de 26/04/09. Vale à pena lê-lo. E para quem não a conhece, é escritora, roteirista e apresentadora de TV.

EDUCAÇÃO É... gentileza.


"A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida."
(John Dewey)



quinta-feira, 20 de maio de 2010

Raiva pode jogar a seu favor durante uma negocia��

Raiva pode jogar a seu favor durante uma negocia��

Marisa Monte - Gentileza

Gentileza...


"Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade."

Carlos Drummond de Andrade

APRIORISMO

a) Etimologicamente, significa o processo de raciocínio a priori, que consiste em partir de princípios anteriormente aceitos.

b) Na filosofia moderna, significa anterior à experiência.

c) Em sentido lato: o processo a priori permite descobrir e prever fatos que, amiúde, serão verificados pelo processo a posteriori.

d) Em geral, apriorismo fundamenta-se na propriedade originária do homem, que é irreduc-tível, portanto a priori, e que não é sancionada pela experiência, radicando-se em determinados sentimentos, princípios e direçoes volitivas (Kulpe). Opõe-se, nesta acepção, a «empirismo», também em Moral.

Como «aprioristas» em moral, temos, na filosofia inglesa, os «intuicionistas» assim chamados por considerarem os princípios éticos como imediatamente seguros e cognoscíveis por intuição, análogos aos axiomas geométricos. Seguem esse grupo: Butler, Thomas Reid e a Escola Escocesa.

Kant também desenvolve esse apriorismo em seu «Fundamentos da Metafísica dos Costumes». Schopenhauer também é apriorista, ao fundamentar, como móvel da justiça, a compaixão. vide compaixão.

Locke rebateu o apriorismo psicológico, que supõe princípios práticos inatos. Defende uma concepção empirista quanto às ideias morais e às normas éticas. Mas. ao aceitar que as regras morais podem derivar da aceitação da ideia de Deus, Locke torna-se apriorista. Examinada a filosofia, através dos seus representantes máximos, vemos que o processo apriorístico permanece constante. Modernamente, com os empiristas, o apriorismo, na Ética, tem perdido terreno. Entretanto, mais contemporânea-mente, oom Husserl, Scheler, Messer, e anteriormente Brenta-no, tem-se afirmado uma evidência a priori para as valorações éticas, sendo desnecessário que essas ideias sejam inatas. Na fenomenologia de Husserl, é reclamado para o conhecimento dos valores e de suas classes uma evidência originária, igualmente para o conhecimento dos fenômenos teóricos. O apriorismo de Husserl não tenta fixar normas, mas, ao contrário, trata de conhecer a essência da moral e da razão de sua validade, e deste modo, também chega a ser, em sentido teórico, uma complemen-tacão da investigação empirica (Kulpe).

Fonte: http://www.filoinfo.bem-vindo.net/filosofia/modules/lexico/entry.php?entryID=506

Desafios X Dificuldades

Como superar os obstáculos que aparecem em nossas vidas sem nos abatermos e querermos desistir? Como não nos entregarmos à apatia sem acharmos que tudo acontece com a gente? Essas questões nos remetem à cruel conclusão de que somos impotentes e que sempre existirão pessoas que farão de tudo para nos boicotar, nos sentirmos deprimidos e não conseguimos relaxar. As dificuldades surgem sem dar sinais de sua eminência. Percorrem os caminhos à velocidade da luz e insistem em nos provar e testar constantemente. Porém, ninguém em sã consciência quer passar por isso. Ninguém deseja o mal para si, muito menos exasperar a derrota.
Vamos refletir então e achar a moral da história (se é que ela existe). Primeira coisa a ser feita: não confundir Desafios com Dificuldades. Os desafios nos impulsionam a fazer mais alguma coisa e atingirmos nossas metas; eles nos impulsionam, nos revigoram e injetam o “gás” necessário para seguirmos em frente. Na verdade, nos motivam e são uma espécie de mola propulsora para o sucesso. E estamos, diariamente, nos desafiando, mas sempre conseguimos enxergá-lo como necessário.
As dificuldades executam e exterminam as “moléculas-da-vitalidade”. São como uma esponja a sugar as energias vitais que toda pessoa empreendedora precisa. Ao contrário dos desafios, as dificuldades empurram em direção descontinuada e facilitam a queda na beira do precipício.
Diante do conhecimento desses dois conceitos podemos iniciar a segunda fase que é a de transformação ou conversão dos valores. Existe um ditado (desconheço o autor) que diz: “O que não me destrói, me fortalece”. É importante lutarmos contra o sentimento de derrota e transformar as intempéries em força para lutar. A lei da selva nos exige sem cessar a recarga automática das energias e garantir nossa sobrevivência.
A concorrência é saudável, os obstáculos existem e sempre farão parte de um todo. O universo funciona como uma engrenagem e nenhuma das peças pode falhar. Uma depende da outra e estão intrinsecamente ligadas. Um elo com defeito compromete e pode corromper todo o sistema.
Realmente, nossas cabeças são como uma máquina de relógio. Tudo deve funcionar com perfeição para evitarmos a pane. As empresas nos consomem, nos exigem e devemos estar de prontidão para atender suas necessidades.

A vida não para e não podemos permitir a inércia. Terceira fase: máquina é máquina e ser humano é ser humano.


Luiz Gabriel Tiago
twitter.com/senhorgentileza

terça-feira, 18 de maio de 2010

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Boa Segunda-Feira a Todos


Segunda-feira sempre foi um dia ingrato pra todos nós. O início da semana é sinônimo de "começa-tudo-de-novo". Por isso mesmo desejo que esse dia seja inteiro de sucesso, progresso e boas realizações pessoais e profissionais.

Aproveitem ao máximo sua capacidade e talento!

Abraços,

Luiz Gabriel Tiago

domingo, 16 de maio de 2010

Gentil e Feliz


"Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar a dor para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência."



Augusto Cury

Inteligência emocional passa a ser mais importante que conhecimento técnico - O Globo

Inteligência emocional passa a ser mais importante que conhecimento técnico - O Globo

Gentileza gera gentileza

HARMONIA SIMPLESENTE

Acredito que a maioria das pessoas está em busca de paz e harmonia, principalmente em seu ambiente de trabalho. Enfrentamos problemas familiares, de relacionamento, na rua, no trabalho e o que precisamos, na verdade, é de paz para tomar decisões e não nos abatermos.

Dispensamos muitas horas de nossas vidas nos dedicando as empresas que trabalhamos e acabamos formando uma outra família: os colegas que dividimos momentos importantes de nosso crescimento profissional se agregam a nossa vida e acabam fazem parte de nossa história pessoal. Seria tão injusto conosco se fôssemos obrigados a compartilhar horas do nosso dia com pessoas que mal te cumprimentam, te ofendem ou, simplesmente, te ignoram. Não está correto isso e devemos fazer de tudo para buscar e proporcionar um local de trabalho saudável e harmonioso.

Essa missão não é impossível, desde que não esperemos que o outro tome a atitude de ser cordial ou humano. Faça a sua parte agora mesmo e não deixe para depois. Não é nem um pouco difícil dizer “Bom dia”, “Como vai?”, “Muito obrigado”, “Por favor”. Então, porque que as pessoas insistem em querer passar umas por cima das outras, se sentirem ameaçadas (como se existissem onças pintadas ou sucuris à solta nas empresas), formarem grupos para motins e fofocas? Talvez não estejam engajadas realmente na missão da empresa, seja ela qual for.

Devemos lembrar também que nossos cargos não são vitalícios e que podemos ser substituídos a qualquer instante. Basta que algum bom profissional perceba que as ervas daninhas existem para querer exterminá-las. É lógico que o líder pode tentar uma reconciliação com esse(s) colaborador (es) e promover uma mudança de comportamento. Essa transformação deve acontecer internamente para que realmente valha a pena todo o investimento. Vale ressaltar que a confiança da equipe deve ser reconquistada para que esse indivíduo seja reintegrado ao círculo positivo da empresa.

Apesar de não ser o enfoque do artigo, reforço que existem várias alternativas de recuperação de um membro da equipe antes de sua demissão; basta uma boa percepção gerencial para promover uma reciclagem ou reaproveitamento em outro setor.

Acredito que todos devem seguir e se espelhar nos bons exemplos. Não podemos nos guiar e nos basear em pessoas que insistem em boicotar a empresa, reclamar o tempo inteiro ou não querem honrar o compromisso que assumiram na hora da contratação.

Faça a sua parte! Seja gentil e cortês com seus companheiros de jornada para que receba o mesmo tratamento. Devemos querer que as pessoas sejam pontualmente humanas e dignas de respeito e solidariedade.

Vamos começar?

LUIZ GABRIEL TIAGO

24 TOQUES PARA SER MAIS FELIZ (Roberto Shinyashiki)

01 - Seja ético.

A vitória que vale a pena é a que aumenta sua dignidade e reafirma valores profundos. Pisar nos outros para subir desperta o desejo de vingança.

02 - Estude sempre e muito.
A glória pertence àqueles que têm um trabalho especial para oferecer.

03 - Acredite sempre no amor.
Não fomos feitos para a solidão. Se você está sofrendo por amor, está com a pessoa errada ou amando de uma forma ruim para você. Caso tenha se separado,curta a dor, mas se abra para outro amor.

04 - Seja grato(a) a quem participa de suas conquistas.
O verdadeiro campeão sabe que as vitórias são alimentadas pelo trabalho em equipe. Agradecer é a melhor maneira de deixar os outros motivados.

05 - Eleve suas expectativas.
Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer. Os perdedores dizem: "isso não é para nós". Os vencedores pensam em como realizar seu objetivo.

06 - Curta muito a sua companhia.
Casamento dá certo para quem não é dependente.

07 - Tenha metas claras.
A História da Humanidade é cheia de vidas desperdiçadas: amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam carreiras o sucesso, etc. Ter objetivos evita desperdícios de tempo, energia e dinheiro.

08 - Cuide bem do seu corpo.
Alimentação, sono e exercício são fundamentais para uma vida saudável. Seu corpo é seu templo. Gostar da gente deixa as portas abertas para os outros gostarem também.

09 - Declare o seu amor.
Cada vez mais devemos exercer o nosso direito de buscar o que queremos (sobretudo no amor). Mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais.

10 - Amplie os seus relacionamentos profissionais.
Os amigos são a melhor referência em crises e a melhor fonte de oportunidades na expansão. Ter bons contatos é essencial em momentos decisivos.

11 - Seja simples.
Retire da sua vida tudo o que lhe dá trabalho e preocupação desnecessários.

12 - Não imite o modelo masculino do sucesso.
Os homens fizeram sucesso a custa de solidão e da restrição aos sentimentos. O preço tem sido alto: infartos e suicídios. Sem dúvida, temos mais a aprender com as mulheres do que elas conosco. Preserve a sensibilidade feminina - é mais natural e mais criativa.

13 - Tenha um orientador.
Viver sem é decidir na neblina, sabendo que o resultado só será conhecido, quando pouco resta a fazer. Procure alguém de confiança, de preferência mais experiente e mais bem sucedido, para lhe orientar nas decisões, caso precise.

14 - Jogue fora o vício da preocupação.
Viver tenso e estressado está virando moda. Parece que ser competente e estar de bem com a vida são coisas incompatíveis. Bobagem ... Defina suas metas, conquiste-as e deixe as neuras para quem gosta delas.

15 - O amor é um jogo cooperativo.
Se vocês estão juntos é para jogar no mesmo time.

16 - Tenha amigos vencedores.
Aproxime-se de pessoas com alegria de viver.

17 - Diga adeus a quem não o(a) merece.
Alimentar relacionamentos, que só trazem sofrimento é masoquismo, é atrapalhar sua vida. Não gaste vela com mau defunto. Se você estiver com um marido/mulher que não esteja compartilhando, empreste, venda, alugue, doe... e deixe o espaço livre para um novo amor.

18 - Resolva!
A mulher/homem do milênio vai limpar de sua vida as situações e os problemas desnecessários.

19 - Aceite o ritmo do amor.
Assim como ninguém vai empolgadíssimo todos os dias para o trabalho, ninguém está sempre no auge da paixão. Cobrar de si e do outro viver nas nuvens é o começo de muita frustração.

20 - Celebre as vitórias.
Compartilhe o sucesso, mesmo as pequenas conquistas, com pessoas queridas. Grite, chore, encha-se de energia para os desafios seguintes.

21 - Perdoe!
Se você quer continuar com uma pessoa, enterre o passado para viver feliz. Todo mundo erra, a gente também.

22 - Arrisque!
O amor não é para covardes. Quem fica a noite em casa sozinho, só terá que decidir que pizza pedir. E o único risco será o de engordar.

23 - Tenha uma vida espiritual.
Conversar com Deus é o máximo, especialmente para agradecer. Reze antes de dormir. Faz bem ao sono e a alma. Oração e meditação são fontes de inspiração.

24 - Muita Paz, Harmonia e Amor... sempre!

DECIDA SER FELIZ


Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.

Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-a.

Se perder um amor, não se perca!

Se o achar, segure-o!
 
 
FERNANDO PESSOA

quinta-feira, 13 de maio de 2010

FRASE PARA REFLEXÃO


"O mais alto de nós não é mais que um conhecedor mais próximo do oco e do incerto de tudo."
(Fernando Pessoa)


quarta-feira, 12 de maio de 2010

Foto: Luiz Gabriel Tiago

A amizade de um único ser humano inteligente é melhor do que a amizade de todos os insensatos.
(Demócrito)


sábado, 1 de maio de 2010

GENTILEZA DO EU COLETIVO

Anos e anos se passam e nada muda, a não ser a sua vida que está cada vez mais sobrecarregada com o trabalho, os problemas familiares que não param de te atormentar e as dívidas que sempre aumentam. Além disso, não agüenta mais ser classificado como algoz das desgraças do mundo e ser pisoteado como um capacho doméstico. Sempre foi passivo diante das pessoas e aceitou o que ditavam, tudo o que planejavam para sua vida e as conclusões que tiravam para seu comportamento e suas decisões. Ser complacente diante dessa situação incomoda muito, mas o único a determinar o curso de sua história é você mesmo. Ser o autor de seu próprio livro e ditar um manual próprio não é fácil, mas é uma forma humana de conquistar o domínio e expurgar o veneno aplicado por muitos em nossas entranhas.
É hora de mudar e tem que ser um movimento constante, sem vai-e-vem, um curso retilíneo que não te envolva a voltar atrás. Voila! “Nem pensar em deixar a vida te levar”, como diz o compositor. Se não existissem as trevas, que seria da luz? Se o futuro bate à sua porta, que dirá do presente? Assim sendo e antes do amém, eis que surge alguém entorpecido dentro de você. E as promessas de uma nova era te consentem sonhar com a tranquilidade financeira e a sanidade de todos os problemas reservados. Você anuncia a si mesmo que tudo será diferente daqui para frente e que sua vida será transformada. Sua vida será alegre e leve, seus problemas serão resolvidos e todos te amarão – afinal, ninguém sobrevive sem o afeto. E você mais uma vez tem a certeza de que sua diligência para fazer as coisas mudarem não será em vão e que, de uma vez por todas, seu futuro será atopetado de dinheiro, serenidade e saúde. Busque a concordância interna e decida quem a sua volta fará parte desse círculo de bem estar. Selecione bem as pessoas fundamentais para essa transformação e legitime a sua vida de que é capaz de sair do casulo e desbravar a realidade.
Os filhos estão crescendo e sua conta bancária deve acompanhar essa cadência. O dinheiro é muito importante para a concretização dos sonhos e pode ajudar bastante para a felicidade. Não pense nele como algo aziago. Determine que seja um elemento necessário para essa mutação e sem ele (o dinheiro) não é possível chegar muito longe. Fomos educados a temê-lo e a não adorá-lo. Esse tipo de idolatria não é a mesma coisa que fazemos a Deus e sim cultuá-lo com importância para sabermos administrar os momentos de crise e investir na cultura da solução e cura dos males. Nesse instante mágico, se lembra daquelas viagens que sempre quis fazer, dos livros caros que deseja comprar, do carro novo que precisa, dos móveis que serão trocados e todas as contas em dia. Também brande com a família em harmonia longe de intrigas e influências maléficas; sempre rodeado de amigos verdadeiros e pessoas sem interesse algum em te turbar ou querer desestruturar sua vida. Ah... Como é bom andar de cabeça erguida sem se preocupar com que os outros pensam a seu respeito. Como é bom ser você mesmo! Finalmente poderá se preocupar com os seus sentimentos e cobiças, sem ser movido pelo que todos podem achar de suas decisões ou atitudes.
A liberdade enfim! Você abre os braços para o mundo e dá um grande abraço ao universo, à sua nova forma de encarar tudo e todos e à sua inteligência. Para um pouco para refletir e reafirma que você é uma pessoa sábia e como pode ter sido tão diferente do que é por tanto tempo. Como pode ter se agredido, violentado e violado seus conceitos, personalidade e caráter? Como pode ter sido tão covarde com a vida e se permitido sofrer e ser levado pelas pessoas? Não. Definitivamente você não é mais essa pessoa. Acabou. Aliás, começou. Pensa que se o fim fosse tão ruim assim, não existiria o começo, ou o recomeço. A auto-chance de se permitir tentar novamente e errar, dane-se. Pode até sentir raiva de si próprio, não faz mal algum. Converta esse sentimento em gana de vitória, ambição de uma vida melhor, sucesso e grandes realizações. Enumere suas estratégias e esmiúce as diretrizes para esses propósitos. Sinta a raiva por um tempo, mas não deixe que se apodere de você. Antes ela do que a apatia, depressão ou inércia. Aliás, como existe gente inerte na vida; pessoas que esperam sentadas as coisas acontecerem e só se erguem para assistir a derrota dos outros, criticar e falar mal do que não lhe dizem respeito.
Está claro como água que se tropeçar, o problema será seu e de mais ninguém. Não interessa ao mundo o que acontece com você, pois você é único em sua existência e está disposto a acertar. O acerto está escrito e já decretou isso, pois suas determinações são soberanas. Nem pensar em errar, já não se acha tão novo para delatar a sua vida assim. Não se exponha mais. Essa história de aprender com os erros já era para você. Agora só vai atingir o alvo de forma certeira, pois sua mira está aguçada e a gana pela harmonia pessoal é muito forte. Inclusive, resolve se dedicar a alguma filosofia de vida ou religião para se reencontrar com Deus. Não que tenha perdido a fé. Mas acha na verdade que ela foi dar um passeio logo ali e acabou de voltar. A sua esperança também se afastou por uma temporada, mas segurem-se quem puder, pois você deu um tropeção nela no meio da confusão e fizeram as pazes e juras de amor eterno. Assim sempre terá motivação para viver e não renunciar. Deixe que os outros desistam e sejam vencidos pela lassidão.
Que falem o que quiser, mas já é uma nova pessoa e tem pena de quem não é igual a você. Promete mentalmente que ajudará a todos que precisarem, afinal a solidariedade é nata e como não é egoísta, pretende dividir seu sucesso com todos. E sabe que vai ter muitas vitórias e colherá frutos recheados de um delicioso sabor de riqueza. Planeja preparar uma grande festa para ser coroado diante de todos. A sua coroa não é a soberba ou vontade de humilhar ninguém. Quer que todos admirem sua determinação e garra e mostrar que a sua vida mudou. É rei enfim e pretende assumir sua posição permanentemente. Seu trono é o triunfo de muitas conquistas baseadas no trabalho, garra e determinação. Sua majestade possui o comando e as rédeas da situação. A condução de sua vida é somente sua.
Você foi capaz de decifrar as esfinges, vencer as dificuldades e dar a volta por cima. E quanta poeira se fez durante esse período. E quem se levantou foi você e se ergueu em riste. Agora só existem neblina e obscuridade diante das coisas ruins. Não enxerga mais o mal e não deseja a mesquinharia. Só consegue avistar aqui, milhas adiante e à velocidade da luz. Avante forte desbravador! Esse é o seu lema e a sua bandeira é o amor e não se canse de defendê-los e tomá-los como lei para sua casa, família e trabalho. Sua forma de pensar faz parte da realização pessoal e concretize seu raciocínio e sapiência.
Ops! Sente um vazio dentro do peito e quer preenchê-lo imediatamente. Segue sua intuição e descobre o que incomoda: ainda não recuperou a pessoa amada que também foi embora naquele tempo que fazia o que os outros queriam. Não espere até amanhã para recuperá-la. Faça-o agora mesmo e devolva ao seu coração a energia primordial da humanidade. Delibere-se resgatar sua vaidade e deixe o orgulho banal de lado. Ninguém vive sozinho, muito menos você. Você será mais forte na companhia daquela pessoa e sabe que dividir a alegria é muito bom. Vale à pena rever as imaturidades do relacionamento e dar valor aos momentos de alegria que foram muito maiores e valorosos. Só os imbecis valorizam os erros e defeitos. Seja superior e não vandalize o querer. Não marginalize o companheirismo e a espiritualidade. Nem pensar em envelhecer solitário, muito menos em destruir seu pedacinho de afeto e ternura. A reconstrução da sua família será fundamental nessa nova fase que será eterna. Seu coração tem vontade própria e quer ser feliz.
Você é uma grande rocha vitalícia que se transformou com o tempo e nunca se acaba. A pedra é perpétua e não possui face, a não ser que você a esculpa com suas mãos e a desenhe da forma que quiser. Dê vida a ela e veja como tudo é tão bom. Você é assim agora e conseguiu se transformar no que é mais belo. Um ser forte e capaz de enfrentar os obstáculos, admirar o sol e sorrir para o mundo. Não é qualquer um que pode sentir a alegria nas crianças, o perfume das flores e a importância da amizade. Sede gentil contigo. Sede gentil com a vida.



LUIZ GABRIEL TIAGO