sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Algumas dicas da neurociência para você encontrar insights poderosos e ter boas ideias.




A Psychology Today publicou recentemente um texto que traz as condições que, segundo o pessoal da neurociência, nos ajudam a encontrar mais insights e a ter melhores idéias. Segundo o autor, Dr. David Rock, tratam-se de alguns estados mentais, segundo estudos da área, favoráveis a grandes constatações. Esses momentos são: Silêncio, olhar interior, um pouco de felicidade e não tentar muito.

• Silêncio: Tendemos a perceber insights, em geral, quando o nível de atividade do cérebro está baixo, como quando não estamos fazendo muito esforço mental, quanto estamos focados em algo repetitivo, ou apenas estamos mais relaxados. Segundo a matéria, insights são quietos e, portanto, exigem uma mente calma.

• Olhar interior: As pessoas geralmente tem insights, afirma, quando estão divagando mentalmente. Elas não estão focadas no problema. Geralmente, quando guardam recursos para perceber um insight, se fecham para dados externos. Segundo a publicação, os insights tendem a aparecer quando você olha para dentro e não para o mundo lá fora. Agora, um palpite meu: se antes você entra de cabeça no assunto, estuda tudo sobre ele e principalmente, o entende, a busca interna por aquela idéia ou insight poderosos fica bem mais fácil.

• Um pouco de felicidade: Quando as pessoas estão felizes, tendem a perceber um nível mais amplo de informações. A ansiedade, por outro lado, tende a uma visão mais estreita. Para ser mais ‘insightful’, a dica da matéria é: seja aberto, curioso e interessado em algo, ao invés de ansioso em qualquer maneira.

• Não tente muito: Se você quer insights, diz a matéria, precisa parar de tentar resolver um problema. A razão apontada é que insights geralmente vem quando estamos parados em um impasse. O impasse tende a envolver algumas opções nas quais estamos fixados. No entanto, quanto mais trabalhamos nas mesmas soluções erradas, mais difícil é pensar em novas idéias. A solução sugerida pelo Dr. Rock é deixar o problema de lado e, então, a solução vem até você. Segundo ele, a razão é o poder do inconsciente humano em processar recursos – muito maior do que o processo consciente.

Ou seja, enquanto a maioria das pessoas tende a se colocar sob pressão, fazer brainstorms em grupo, se manter acordada com muito café – ações que deixam o cérebro inquieto ao invés de calmo – a melhor maneira de encontrar grandes insights e idéias, conta o autor, é deixar as pessoas livres para tirar tempo livre e fazer coisas interessantes mas repetitivas, por algum tempo, durante os desafios.



3 comentários:

  1. Gostei muito do artigo
    realmente, quando deito e faço meditação produzo muito mais do que no corre corre.abraço

    ResponderExcluir
  2. Também gostei muito do texto, excelente escolha!
    Deixei um selinho lá no meu blog, para propagar o seu blog no meu círculo de amizades virtuais.
    Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  3. o que eu estava procurando, obrigado

    ResponderExcluir

Seja bem vindo (a) ao Blog do Sr. Gentileza - 06 anos no ar!

Aqui também é casa de gente gentil. Leia, acompanhe, participe e deixe suas mensagens :-)

Sinta-se à vontade em compartilhar a prática da Gentileza na sua vida, no trabalho e na sociedade.

Abraços,

Sr. Gentileza

Obs: Suas mensagens são muito bem vindas, mas identifique-se. Os comentários anônimos não serão aceitos.