Acadêmicos do Grande Rio para o "Gentileza" - O Profeta do Fogo - 2001


Gentileza “X” – O Profeta do Fogo (2001)
Acadêmicos do Grande Rio (RJ)

Novo milênio
Avança o homem para o espaço sideral
Em busca de mensagem positiva
Valorização da vida, o amor universal
Na arena, alegria e dor
Triste legado que Roma Pagã deixou
Pelas vozes foi guiado
O arauto iluminado
A mudar o seu destino
Renuncia a ambição
Ao seguir a intuição José Datrino
Deixa clarear... (deixa clarear)
Idade Média nunca mais...
Gentileza anuncia (bis)
No raiar de um novo dia
Um clamor de amor e paz
Das flores a beleza
Para o mundo recriar
O vinho é a vida
É preciso festejar
Considerado louco
E poeta foi bem mais...
Deixando nas pilastras
As palavras imortais
Com a sabedoria universal
Pregava contra o mundo desigual
Gentileza gera perfeição
Violência não
Era de "Aquarius"... Tempo de amor
A Grande Rio... iluminou
Profeta faz nascer (bis)
Do fogo alvorecer
Irmão Sol, a verdade é você