quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Não menospreze as pessoas

Todo mundo tem defeitos e qualidades. Todo mundo erra, acerta, tenta de novo, enfim... O importante é continuar no caminho certo e vencer todos os obstáculos que porventura aparecerem. A vitória vem por méritos próprios e não por causa dos outros. O esforço pessoal é guia para o sucesso e a disciplina individual é marcante quando almejamos alcançar o sucesso profissional. Tudo bem que você conheça alguém influente que possa te mostrar saídas e “facilitar” as circunstâncias – mas as dificuldades, quando aparecem, somos nós que devemos superá-las e nossa competência é testada nessa hora e a capacidade de superação pode ser nossa guilhotina então.
Não é tão difícil superar as intempéries de nossa jornada turbulenta. Uma dose de bom humor, esperança, otimismo e resiliência são os ingredientes perfeitos para o sucesso. Basta juntá-las no seu rol de objetivos e determinar que as seguirão como um manual de sobrevivência na via crucis do crescimento profissional.
Qualquer sujeito se rende a pessoas que conseguem sorrir e ver a beleza nas coisas mais simples. A mais intolerante das pessoas acaba sendo vencida pelo cansaço por aquela que se mostra determinada, segura e com bastante leveza de espírito.
Não é correto querer crescer e aparecer à custa daqueles que se dedicam de corpo e alma por uma vida profissional decente. A dignidade começa quando somos capazes de agir com retidão e ética. É tão desagradável quando ouvimos alguém dizendo que não gosta de fulano ou beltrano. É tão desconcertante saber que alguém pode ser trapaceado pelo simples prazer de ver a competência da pessoa destruída. O que se destrói na verdade é a dignidade desses crápulas que agem assim. Esse tipo de sujeito é mais comum do que imaginamos. Pode ser que estejamos cercados por eles e não nos demos conta ainda. A dignidade e a competência do ser humano são natas. Ninguém mata ou rouba! Podem até tentar, mas nunca chegam aos pés desses trabalhadores imbuídos no desejo de crescer e fazer bem o seu serviço.
Parabenizo aqueles que se importam realmente com o sentimento do outro companheiro. Por menos que se goste daquela pessoa, ninguém tem o direito de menosprezar a capacidade de qualquer um que seja muito menos maltratar ou se desfazer do seu modo de pensar e agir, a não ser que comprometa a saúde dos projetos e metas propostas. Todos nós somos inteligentes e capazes de desenvolver várias habilidades, principalmente a humildade e gentileza. O início pode ser complicado, mas vale à pena tentar. É gratificante a sensação de que pode ter feito algo e realizado bem suas atividades, além de colaborar para o crescimento de alguém.
Se você é chefe, preste bem a atenção na próxima frase: se acha seu colaborador incapaz, treine-o! Delibere atividades, descentralize o poder e tente. Gerencie pessoas e os sentimentos para podê-los envolver na gestão dos processos e números. Assim não sentirá algo vazio na jornada do dia e contribuirá para o sucesso coletivo. Muitos esperam e dependem disso, pois o bom líder se sente atraído por aprender e depois obrigado a ensinar.


Luiz Gabriel Tiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo (a) ao Blog do Sr. Gentileza - 06 anos no ar!

Aqui também é casa de gente gentil. Leia, acompanhe, participe e deixe suas mensagens :-)

Sinta-se à vontade em compartilhar a prática da Gentileza na sua vida, no trabalho e na sociedade.

Abraços,

Sr. Gentileza

Obs: Suas mensagens são muito bem vindas, mas identifique-se. Os comentários anônimos não serão aceitos.