quarta-feira, 20 de maio de 2009

GENTE....TO NA MÍDIA

GRATIDÃO
"As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo."Epicuro
Antes de falar sobre a gratidão, gostaria de dedicar este artigo a uma pessoa muito especial em minha vida, que tem contribuído para meu crescimento de forma muito generosa. Seu nome é Luiz Gabriel, turismólogo e escritor. Beijos meu irmão do coração, que vai além do sangue, irmão da alma. O tema que irei abordar é, para mim, a maior de todas as virtudes. No decorrer de minha vida, acredito que na vida de quem esta lendo também, passamos por adversidades, mas, encontramos no caminho pessoas que nos surpreendem com sua bondade, generosidade e tantas outras qualidades. O que seria de nós se não tivéssemos a gratidão? Não conseguiríamos experimentar esse sentimento que nos torna mais humanos. A gratidão é a mais agradável das virtudes; mas não é a mais fácil. Ela é um mistério, não pelo prazer que temos com ela, mas pelos obstáculos que com ela vencemos. Você deve estar se perguntando “O que a gratidão dá?” Ela dá por si mesma. A gratidão é como um eco, quando gritamos em uma caverna, a nossa voz retorna para nós mesmos de maneira multiplicada, são os ecos. Experimente fazer isso! O egoísta é incapaz disso, pois só conhece suas próprias satisfações, sua própria felicidade. Como dizia Epicuro, “é ingrata e inquieta: ela se volta toda para o futuro.” Por isso os ingratos vivem em vão, são incapazes de se saciarem, de se satisfazerem, de serem felizes. Eles não vivem, dispõem-se a viver. A ingratidão não é a incapacidade de receber, mas a incapacidade de retribuir. Você já agradeceu por estar vivo hoje? Abriu a sua janela e se sentiu grato pelo lindo dia ou noite que está lá fora? Mesmo que esteja chovendo, agradeça também pela chuva. Ser grato é compartilhar de sentimentos que estão acima de bens materiais. Agradecer é dar; ser grato é dividir, a capacidade de retribuir sob forma de alegria, de amor.
FONTE: pessoaselivros.blogspot.com

Um comentário:

  1. Querido irmão, não tenho palavras para descrever o amor e agratidão que tenho por você! Te amo muito! Bjs!!
    Ana Paula

    ResponderExcluir

Seja bem vindo (a) ao Blog do Sr. Gentileza - 06 anos no ar!

Aqui também é casa de gente gentil. Leia, acompanhe, participe e deixe suas mensagens :-)

Sinta-se à vontade em compartilhar a prática da Gentileza na sua vida, no trabalho e na sociedade.

Abraços,

Sr. Gentileza

Obs: Suas mensagens são muito bem vindas, mas identifique-se. Os comentários anônimos não serão aceitos.